Emojis, gifs e figurinhas – um avanço sociolinguístico no processo comunicativo digital

A postagem de stickers, nas trocas de mensagens via WhatsApp, tornou-se uma febre e  é cada vez mais frequente, mudando a maneira das pessoas se comunicarem e criando um novo tipo de linguagem, quase um dialeto digital, e bastante relevância na comunicação on-line. Esse novo tipo de interação social, de cunho essencialmente humorístico, faz um uso interessante da língua portuguesa, que nem sempre está gramaticalmente correto, mas é definitivamente divertido. Tem um caráter intertextual, uma vez que, na maioria dos casos, exige do usuário/interlocutor um conhecimento prévio para as figuras serem compreendidas. Essa multimodalidade textual assumiu um papel relevante nas conversas digitais do dia a dia, substituindo, muitas vezes, os textos verbais escritos ou falados, ou seja, as mensagens digitadas ou gravadas em áudio. A plataforma WhatsApp fez diversas alterações e atualizações, a fim de facilitar a criação dessas figurinhas, memes, ou adesivos virtuais, que têm, nas imagens irônicas, a sua maior exploração.

A evolução da comunicação é eterna

A comunicação é a etapa da evolução humana que chama mais atenção pela sua importância e revolução e que destaca os seres humanos dos demais seres do planeta. Desde os primeiros sinais de comunicação por sons, por hieróglifos, por pinturas rupestres, por sinais de fumaça, até os modernos meios de comunicação móvel, em que se consegue comunicar com qualquer outra pessoa, independentemente do lugar em que se esteja, o ser humano reinventa a sua maneira de se comunicar de acordo com a sua necessidade. O desenvolvimento da capacidade de comunicação foi fundamental para a ascensão dos seres humanos e da evolução da tecnologia no mundo. Foram capazes de transformar os sons, emitidos pelo aparelho fonador, em sons que foram sistematizados e transformados em línguas, inicialmente apenas faladas.

O processo de comunicação na era digital

O exercício da comunicação passou por diversos processos de evolução com o tempo. Novos tipos de comunicação foram surgindo e aperfeiçoando o ato comunicativo com o objetivo de facilitar e de agilizar os meios de transmitir mensagens entre indivíduos. A era digital surgiu para facilitar a vida das pessoas de várias maneiras, e os aparelhos tecnológicos exercem função fundamental para essa nova modalidade de comunicação. Acesso à educação, comunicação, locomoção e outros aspectos foram democratizados a partir do surgimento desses processos. Para se ter uma ideia da dimensão do que isso significa, basta voltar atrás na história, em meados de 1880 e até há pouco tempo, e observar como eram feitas as comunicações entre pessoas geograficamente distantes. Eram as longas cartas escritas, ligações, inicialmente via central telefônica e depois diretamente entre os usuários. Embora morosos, obviamente eram uma grande evolução para a época, mas que não se comparam com a facilidade e com a rapidez desses elementos não verbais no processo de comunicação na era digital.

A influência positiva no processo de comunicação

O pesquisador e pós-doutorado em Linguística Cognitiva da USP, Sérgio Duarte Julião da Silva, explica por que a comunicação por figurinhas é uma característica forte dos brasileiros: “Pode ser resultado do desconforto que a cultura brasileira tem quanto à comunicação concisa e direta. São signos visuais extremamente concisos e eficientes no que se propõem a comunicar, e passaram a fazer parte da sintaxe cotidiana das conversas brasileiras no WhatsApp.” Destaca ainda a importância dessa nova modalidade de comunicação para a inclusão social: “Quem tem medo de errar ao escrever, ou que julga não ter facilidade para se expressar por palavras, pode utilizar as figurinhas para transmitir mensagens”. Neste sentido, elas tendem a exercer um papel importante de comunicação, pois aproximam diálogos e servem para enfrentar contextos difíceis como o dos professores que continuam se reinventando para dar aulas on-line, por exemplo.

Elementos comunicativos

Faz todo o sentido ter um olhar mais analítico com relação à utilização da comunicação não verbal nas conversas informais dentro do ambiente digital dos aplicativos de mensagens, a fim de responder ao questionamento sobre a influência destes recursos/dispositivos em todo esse processo. Com o uso desses elementos, a interpretação dos dados mostra que a comunicação transcende a perspectiva de texto na modalidade escrita da linguagem, bem como transforma a interação verbal. O fato é que, com o avanço das tecnologias e das linguagens, a comunicação passou a ser mais ágil, simples, rápida e com o claro objetivo de facilitar o ato comunicativo entre as pessoas, além de, logicamente, ser bem mais inclusiva e democrática.

Fontes consultadas:

https://periodicos.ufes.br/contextoslinguisticos/article/view/28518

https://monografias.brasilescola.uol.com.br/educacao/multimodalidade-textual-um-avanco-sociolinguistico-no-processo-comunicativo-digital-com-o-uso-de-emojis-gifs-e-figurinhas.htm

https://www.redalyc.org/journal/6317/631767645009/html/

Mostrar comentáriosFechar comentários

Deixar um comentário

1 × 2 =