A pirâmide invertida e o SEO

Por Erick Formaggio – CDO da Digital Business

Olá pessoal! Em janeiro de 2012 escrevi um texto falando sobre a pirâmide invertida. Um recurso conhecido por jornalistas e que foi muito utilizado principalmente em publicações impressas. Além de ser uma técnica que se ajusta muito bem ao ambiente digital, ela privilegia resumos de informação do conteúdo que será dissecado ao longo do texto.

Trata-se de um recurso que ao ser utilizado em SEO colabora imensamente com a qualidade do conteúdo, já que privilegia a sua usabilidade e estrutura organizada de informações e palavras-chave. Além disso, é uma abordagem que cabe muito bem nos dias de hoje, visto que o conteúdo é um dos pilares mais importantes na hora de otimizar um site.

A estrutura

Na estrutura da pirâmide invertida, a informação mais importante é mostrada primeiro, assim a conclusão sobre determinada informação é fornecida antecipadamente. Depois, é contextualizada através de tópicos, até outros dados. Sendo assim, aquilo que é mais significativo deve ficar nos primeiros parágrafos e conforme a relevância vai diminuindo, se chega à ponta inferior da pirâmide.

Pirâmide invertida e os espaços informacionais.

Dessa forma, aquilo que é verdadeiramente importante ao usuário será visualizado primeiro. A web possui um caráter não linear e essa é uma das maiores vantagens na utilização da pirâmide invertida, principalmente ao utilizar subtítulos em conjunto (principalmente quando possuem palavras-chave e variações delas), pois eles possibilitarão a leitura daquilo que interessa ao usuário. Assim, é possível usar a analogia de várias pirâmides invertidas ao longo do conteúdo. Nesse modelo, o uso de subtítulos pode ajudar a estruturação de tópicos que formarão o contexto de cada um.

Articulação de níveis dentro do conteúdo

A pirâmide pode ser contextualizada em outras páginas, também de modo que os textos fiquem menores e os temas relacionados possam permanecer em páginas independentes e com um foco específico.

Níveis de conteúdo dentro da pirâmide invertida.

No exemplo acima, o texto é embasado em uma pirâmide invertida com apoio através de subtítulos dentro de uma única página. Na imagem a seguir, há uma proposta de utilização dessa estruturação em três páginas diferentes.

Pirâmide invertida dividida através de páginas.

Nesse caso, cada uma das páginas irá compor uma pirâmide perante a especificação do assunto. No entanto, essa técnica, que deve ser utilizada para textos muito longos, exigirá do usuário que role a tela várias vezes para baixo. De modo geral, pode-se afirmar que o objetivo é mostrar primeiro aquilo que é importante para a sua informação.

Para sites de e-commerce

No caso de sites de e-commerce, na página de um produto a imagem deve aparecer em destaque. Informações sobre o produto, preço, botão comprar, dentre outros artefatos de interesse do cliente também devem ser considerados em localizações privilegiadas. Entenda que a pirâmide não é só texto, afinal, ela absorve outros recursos como imagens, links, dentre outros recursos disponíveis que também vão compor a estrutura da página.

Independentemente da forma como for utilizada a pirâmide invertida, é importante que recursos de formatação, estruturação de informação e elementos, como imagens e vídeos, sejam utilizados para melhorar ainda mais a experiência do usuário.

Como pode ajudar em SEO

Fica claro que recursos relacionados à formatação de texto e elementos como imagens, vídeos, etc, colaboram para a formação da estrutura da pirâmide e para a experiência do usuário ao buscar informações dentro da página. Sendo assim, pensar em uma estrutura que privilegie o que é importante para o usuário em determinado momento de busca torna-se vital. Além disso, você acaba estruturando, naturalmente, palavras-chave e as suas variações que orbitam o tema principal.

Show CommentsClose Comments

Leave a comment

1 × três =